Vinho
Indicar para um amigo

Reserva da Serra Espumante Brut (Vinícola Lídio Carraro)

País: Brasil (Bento Gonçalves e Encruzilhada do Sul - RS)
Safra: -
Tipo: Espumante (90% Chardonnay, 6% Pinot Noir e 4% Riesling)
Álcool: 12,00%
Temperatura de consumo: 6ºC a 8ºC
Preço: R$ 30,45

 
ApresentaçãoAnálise TécnicaNossa AnáliseHarmonizaçãoOnde encontrar
Apresentação

Ao adotar o conceito de “Vinícola Boutique” – a primeira do País, por sinal –, a Lídio Carraro optou por priorizar a qualidade de seus produtos e elaborar vinhos em escala relativamente pequena. Mantendo essa característica, a cada ano, de 25 mil a 30 mil garrafas desse Reserva da Serra Espumante Brut são produzidas.

O espumante é fabricado a partir do método Charmat, ou seja, no qual o vinho tranqüilo passa por uma segunda fermentação em cubas e recebe adição de leveduras e açúcares, que se transformam em álcool e liberam o gás carbônico. Quando entra nesse estágio, o espumante é engarrafado.

As uvas Pinot Noir e Chardonnay que formam esse vinho foram cultivadas em Encruzilhada do Sul, na Serra Sudeste do Rio Grande do Sul, em propriedade da Lídio Carraro. Já a pequena parcela de Riesling a participar do corte do espumante nasceu em Bento Gonçalves, no Vale dos Vinhedos da Serra Gaúcha, num produtor familiar da Carraro.

As características climáticas da região serrana, com dias quentes e noites extremamente frias, além de incidência regular de chuvas, têm proporcionado ao Brasil fabricar ótimos espumantes, com grande reconhecimento internacional.

Esse Reserva da Serra Espumante Brut resulta de uma mistura de vinhos de períodos diferentes e, exatamente por isso, não possui indicação de safra. É recomendado para eventos, como coquetéis de casamentos, ou para acompanhar refeições leves, como saladas verdes ou frutos do mar, sushi e sashimi. A temperatura de consumo é de 6ºC a 8ºC.

Análise Técnica

Juliano Carraro, diretor da Vinícola Lídio Carraro e responsável técnico por esse Reserva da Serra Espumante Brut, informa que o objetivo deste exemplar é ser “um Brut mais leve, com maior frescor e frutado”.

Para isso, o especialista justifica ter optado pela elaboração do espumante pelo método Charmat, de aplicação de leveduras e açúcares numa segunda fermentação, geradora de álcool e gás carbônico, seguindo o vinho para engarrafamento. “Usamos o método Charmat justamente para obter uma valorização do frescor e da vivacidade, sem o toque de torrefação e a maior estrutura que traz o método champenoise”, explica.

De acordo com o especialista, o Reserva da Serra Espumante Brut apresenta cor amarelo-claro, com um toque levemente esverdeado. Sua perlage resulta de borbulhas finas, intensas “abundantes e muito persistentes”.

No exame olfativo, o especialista da Lídio Carraro observou que o espumante “remete a frutas cítricas, como maçã verde e abacaxi, e frutas como melão e pêra, com nuances de flores brancas”. Esse perfume de flores brancas resulta da influência da uva Riesling na composição da bebida.

“O paladar apresenta-se frutado, de sabor muito fino e delicado, com grande equilíbrio em sua acidez, o que proporciona uma agradável sensação de frescor”, observa Carraro. “Possui grande sensação de cremosidade em boca e boa persistência final”, acrescenta.

Na avaliação dele, o Reserva da Serra Espumante Brut se difere dos demais espumantes brasileiros por não apresentar sinais de amargor. “Uma característica do Brut brasileiro é a presença do toque de amargor em algum momento, na maioria dos casos, no retrogosto. Conseguimos eliminar esse gosto, o que gerou um espumante muito macio, saboroso e fácil de beber”, argumenta.

Nossa Análise

Uma boa alternativa para coquetéis e festas, como casamentos, esse Reserva da Serra Espumante Brut. Produzido no Sul do Brasil pela Lídio Carraro, é um espumante fácil de tomar e claramente capaz de atender tanto a paladares mais rigorosos quanto aqueles que, despreocupadamente, só querem bebericar algo em momentos de celebração.

Tem uma cor amarela brilhante e intensa, com uma leve influência acastanhada. Possui um bom volume de borbulhas, de tamanho médio, nem muito finas e nem grossas, que se desprendem do fundo da taça com regularidade e em linha reta – sinal de qualidade do produto.

Destaca-se o perfume exalado do espumante, notável mesmo numa distância de quase 30 centímetros da taça em relação ao nariz. Odores de frutas cítricas, caso de abacaxi, são facilmente perceptíveis. Aproximando o nariz da taça, é mais relevante o odor de pêra, melão, algo de flores brancas e uma deliciosa sensação de brisa fria, fruto do frescor do produto.

Ao ser bebido, o Reserva da Serra Espumante Brut primeiro dá pinicadas na ponta da língua. Refrescante, sua acidez gera enorme quantidade de salivação, transbordando do inferior para a parte de cima da língua. Os odores se confirmam em sabores, mas surge uma característica nova, algo mineral, com uma ponta levemente salgada.

Seco e com imensa maciez e cremosidade, apresenta-se como um espumante fácil de beber. Além de casamentos e coquetéis, vai bem também num happy hour, como aperitivo, ou para abrir uma refeição, por exemplo, acompanhando uma salada de folhas verdes com lascas de manga. Em dias ensolarados, é imbatível.

Harmonização

Aperitivo
Salada de folhas verdes com lascas de manga
Peixes e frutos do mar (camarão grelhado ao azeite)
Sushi e sashimi
Carnes brancas assadas
Queijos não curados

Onde Encontrar

Vinícola Lídio Carraro
(54) 3459-1222 (Bento Gonçalves)
www.lidiocarraro.com

Copyright® 2017 MundoVinho®. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução
de qualquer texto sem prévia autorização por escrito de MundoVinho®.
Desenvolvimento MadeinWeb Internet Solutions