Vinho
Indicar para um amigo

Dante Robino Extra Brut (Bodegas Dante Robino)

País: Argentina (Mendoza – Vale do Uco e Maipu)
Safra: -
Tipo: Espumante (40% Pinot Noir, Chardonnay e Sémillon)
Álcool: 12,80%
Temperatura de consumo: 5º a 8º C
Preço: R$ 45,00

 
ApresentaçãoAnálise TécnicaNossa AnáliseHarmonizaçãoOnde encontrar
Apresentação

A Bodega Dante Robino é uma das mais tradicionais produtoras de vinhos de Mendoza, na Argentina. Localizada em Lujan de Cuyo, bem próxima da Cordilheira dos Andes. A empresa colhe suas uvas de vinhedos próprios e associados de diferentes zonas, sendo ao todo 400 hectares de lavouras com plantas de 20 anos de idade, em média.

Dante Robino é o nome de seu fundador, italiano nascido em 1885 de uma família de vinicultores, em Canelli, no Piemonte, que em 1920 montou sua própria vinícola na Argentina.

Em 1982, contudo, a empresa passou a ser dirigida pela família Squassini, que adaptou e modernizou o negócio, mas continua primando pela qualidade final de seus vinhos.

A região, a pelo menos 700 metros acima do nível do mar, tem como aspectos positivos para o cultivo de uvas e às pretensões da vinícola a grande amplitude térmica, a luminosidade e o solo argiloso.

Para este Extra Brut, um blanc de noir, o blend é de 40% de uvas Pinot Noir e o restante – a vinícola não divulgou a porcentagem –, de Chardonnay e Sémillon, a tinta e a primeira branca colhidas do Vale do Uco e a outra branca no Maipu, todos vinhedos associados.

A bodega utilizou o método charmat na elaboração do Extra Brut, em grandes tanques de aço inox. A recomendação da vinícola é para consumo do espumante entre 5 e 8 graus, sozinho, como aperitivo ou harmonizando-o com canapés, saladas, frutos do mar e carnes brancas.

Análise Técnica

Para o gerente geral da loja Prazeres do Vinho, Carlos Eduardo Nogueira, o espumante Dante Robino Extra Brut é um espumante muito refrescante ideal para ser consumido no verão, sozinho ou como aperitivo.

“Ele ainda é um ótimo vinho para acompanhar saladas que contenham frutas frescas e nozes, por exemplo, além de pratos preparados com frutos do mar e carnes brancas”, afirmou ele.

Nogueira apreciou a perlage constante e intermitente do espumante e ainda destacou a bela coroa de espuma formada nas bordas da taça, além da cor palha clarinha do exemplar argentino.

Na sua avaliação olfativa, o especialista afirmou ser o Extra Brut da Dante Robino um vinho que, de cara, exala aromas cítricos e segundos depois apresenta perfumes de frutas secas como amêndoa e castanha. “Também é perceptível um toque que lembra fermento e sua evolução é bastante nítida para aroma e abacaxi”, acrescentou Nogueira.

Em relação aos aspectos gustativos, o gerente apontou primeiramente a sensação de refrescância proporcionada pelo espumante. “É um vinho com muito boa acidez, bem fresco, de persistência média, cujas características dos aromas são as mesmas do sabor”, descreve.

Para se obter tudo o que este espumante argentino tem a oferecer, segundo Nogueira, é necessário sacar a rolha com ele bem gelado, entre 5 e 8 ºC, retirado de um balde com água e gelo, preferencialmente.

Nossa Análise

O Dante Robino Extra Brut é um espumante argentino elaborado com quantidade ainda menor de açúcar destinadas aos espumantes Brut, o que o faz um vinho mais seco, porém bem refrescante e ideal para ser consumido bem gelado, em dias quentes e ensolarados.

Em função da predominância de 40% da uva tinta Pinot Noir no blend (que ainda conta com uvas Chardonnay e Sémillon), a vinícola o classifica como um blanc de noir, ou seja, um espumante branco feito com cepa tinta, expressão francesa utilizada aos legítimos champagnes.

Além de ser indicado para ser consumido no verão, entre 5 e 8 graus, este Extra Brut também garante harmonizações com saladas que contenham frutas, carnes brancas sem muito tempero e frutos do mar. Mas, acima de tudo, é um espumante para ser apreciado despretenciosamente.

Seus aromas são cítricos, sendo que também aparecem perfumes que lembram abacaxi, fermento e frutas secas como castanha. Na boca, a pegada inicial é bem seca e refrescante, já que o exemplar apresenta a acidez que se espera de um vinho borbulhante. Em seguida, aparecem os sabores mais cítricos.

Por tocar em borbulhas, este Dante Robino apresenta perlage e coroa de espumas na taça corretas, demonstrando a forma criteriosa de elaboração adotada pela vinícola, e uma coloração amarelo palha com reflexos esverdeados.

Sua persistência pode ser considerada média (permanência por volta de seis segundos depois do gole) assim como seu corpo (sensação tátil do vinho na boca), ambos adequados para o propósito deste argentino.

Harmonização

Aperitivo
Canapés
Saladas com folhas verdes e frutas
Carnes brancas
Frutos do mar

Onde Encontrar

Prazeres do Vinho / Grand Cru
(11) 3624-5819 (São Paulo)
WWW.grandcru.com.br

Copyright® 2020 MundoVinho®. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução
de qualquer texto sem prévia autorização por escrito de MundoVinho®.
Desenvolvimento MadeinWeb Internet Solutions