Vinho
Indicar para um amigo

JeanJean Syrah Rosé (JeanJean SA)

País: França (Saint-Felix-de-Lodez – Languedoc-Roussillon)
Safra: 2006
Tipo: Rosé (100% Syrah)
Álcool: 13,00%
Temperatura de consumo: 8ºC a 12ºC
Preço: R$ 18,00

 
ApresentaçãoAnálise TécnicaNossa AnáliseHarmonizaçãoOnde encontrar
Apresentação

A região francesa do Languedoc-Roussillon abriga a maior produção de vinhos do país e, em volumes exportados, a JeanJean SA, fabricante desse JeanJean Syrah Rosé é a segunda maior comercializadora francesa.

Embora conte com uma escala imensa de produção, o Languedoc-Roussillon tem sofrido, nos últimos anos, críticas severas por conta da baixa qualidade que alguns produtores locais empregam em seus vinhos. Nesse contexto, a JeanJean é uma das organizações a trabalhar fortemente para a reversão dessa imagem negativa e oferecer produtos de qualidade.

Importado ao Brasil pela Costazzurra, o JeanJean Syrah é um vinho tranquilo rosé, seco, elaborado 100% com uvas Syrah. Não é um vinho de sangria, segundo a importadora, mas elaborado com o objetivo de ser um rosado de qualidade.

Com presença na localidade desde 1870, a vinícola possui cerca de 300 hectares de vinhedos, onde elabora exemplares de diversas modalidades, a partir dos simples bag-in-box até vinhos de maior destaque. O JeanJean Syrah Rosé está na categoria dos chamados vin de pays, mais simples, voltados para o dia-a-dia.

Após seleção das uvas e prensagem, o vinho passa por fermentação em tanques de inox com temperatura controlada. Possui uma garrafa diferente, cheia de curvas, que, ao ser olhada junto com o líquido rosado, chega a lembrar um grande frasco de perfume. Detalhes à parte, o mais importante é a excelente qualidade do vinho.

A região, também conhecida como “vinhedos do Sol”, se caracteriza pelo clima quente e por ser fortemente influenciada pelas correntes marítimas do Mediterrâneo, o que aporta “frescor” e “acidez” ao produto.

MundoVinho avaliou, em agosto de 2009, a safra 2006 do JeanJean Syrah Rosé, que está pronta para consumo, devendo ser servido com temperatura entre 8ºC e 12ºC, e que vai bem como um aperitivo. Por ano, a Costazzurra importa cerca de 26,4 mil garrafas do exemplar.

Análise Técnica

O diretor da importadora Costazzurra, Afonso de Almeida Jr, afirma que costuma apresentar o JeanJean Syrah Rosé como “um vinho de piscina”. “É perfeito para ser bebido em volta da piscina, em dias quentes”, relata.

Segundo ele, a JeanJean SA é das vinícolas mais respeitadas da região do Languedoc-Roussillon, sendo o segundo maior exportador francês em volumes de vinho. “A JeanJean se caracteriza pela qualidade de seus produtos e reconhecimento internacional”, enfatiza.

Ao descrever o produto, embora ressalve se tratar de um vin de pays, simples, o especialista descreve a coloração rosada, límpida e brilhante.

Nos aromas, Almeida Jr cita notas de frutas silvestres de boa intensidade, com bom equilíbrio de acidez no olfato. Esse mesmo equilíbrio o especialista também observa na análise gustativa, insistindo que, pela proposta de o vinho ser simples, não deve ser submetido a grandes reflexões.

“A acidez é extremamente equilibrada, junto com o álcool. Nota-se uma forte presença de fruta, um vinho muito interessante e correto”, acrescenta. “Só recebemos elogios desse vinho, até hoje.”

Nossa Análise

Algumas vezes não tem sido lá muito fácil “pescar” vinhos interessantes no Languedoc-Roussillon. Valendo-se da origem francesa, vários produtores têm deixado a qualidade em segundo plano e, assim, têm comprometido a imagem da região.

Exatamente por ser uma boa alternativa e com custo muito competitivo, o JeanJean Syrah Rosé merece indicação de MundoVinho. Só a garrafa, cheia de curvas, causa alguma estranheza nesse exemplar.

Mas, ao avaliar o vinho, que é o que interessa, identificamos um produto muito interessante. Principalmente por ser um exemplar para ser bebido sem grandes compromissos, simples, para momentos de lazer, preferencialmente.

Conta com coloração rosada, levemente puxada para o cobre, límpida e brilhante, de pouco corpo. Exala perfumes de frutas silvestres, principalmente morango, cereja e framboesa.

Leve na boca, confirma os sabores frutados, sendo o morango mais perceptível. Sua boa acidez provoca média salivação, suficiente para ser agradável e profundamente refrescante. Não se nota a presença do álcool, dado o equilíbrio do vinho, e as sensações agradáveis surgem exatamente no meio da língua, com uma textura boa, meio amanteigada, preenchendo bem todos os cantos da boca.

Seco e fácil de beber, mantém o gosto na boca por cerca de 3 a 4 segundos, uma persistência de ligeira para média, deixando um retrogosto levemente herbáceo. Está pronto para ser bebido em dias quentes e ensolarados. Desempenha bom papel também para uma recepção, como bebida de entrada. Deve ser servido com temperatura de 8ºC a 12ºC, podendo escoltar também pratos leves. Após aberto, é bom ser mantido em um balde com gelo, para conservar a temperatura fria.

Harmonização

Aperitivo
Canapés
Saladas verdes
Carnes brancas (filé de frango) grelhadas
Salmão cru ou levemente grelhado com tempero de ervas
Queijos macios

Onde Encontrar

Costazzurra
www.costazzurra.com.br
(11) 3864-1533 (São Paulo)

Copyright® 2018 MundoVinho®. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução
de qualquer texto sem prévia autorização por escrito de MundoVinho®.
Desenvolvimento MadeinWeb Internet Solutions