Vinho
Indicar para um amigo

Cono Sur 20 Barrels Pinot Noir (Cono Sur)

País: Chile (Casablanca Valley 90% e Leyda 10%)
Safra: 2006
Tipo: Tinto (100% Pinot Noir)
Álcool: 14,10%
Temperatura de consumo: 18ºC
Preço: R$ 95,00

 
ApresentaçãoAnálise TécnicaNossa AnáliseHarmonizaçãoOnde encontrar
Apresentação

A Cono Sur hoje é a maior produtora de Pinot Noir da América do Sul e a quinta mundial desta cepa. Em 1996, a bodega assumiu o desafio de produzir seu primeiro vinho premium e essa foi a casta escolhida. Segundo o enólogo e gerente-geral da Cono Sur, Adolfo Hurtado, considerado o melhor enólogo do Chile (2006) pelo Guia de Vinhos do Chile, para a produção inaugural na ocasião foram escolhidas 20 barricas da vinícola oriundas dos melhores frutos da safra de 1996. Daí surgiu a linha Cono Sur 20 Barrels.

No caso desse rótulo, as uvas são colhidas manualmente, passam pelo processo de vinificação com temperaturas controladas, até o afinamento em barricas novas de carvalho francês por 13 meses a 14°C. São produzidas apenas 30 mil garrafas desse vinho por safra. A linha 20 Barrels está acima da linha Reserva da bodega. Isso significa uma seleção ainda mais cuidadosa e rigorosa das uvas para a produção deste rótulo.

De acordo com Hurtado, é um grande desafio o cultivo e a produção de vinhos com Pinot Noir, uva originariamente francesa, da Borgonha. Justamente por ser a cepa de alguns dos melhores vinhos do mundo e por ser instável e necessitar de ambientes e tratamentos especiais, como clima frio e muito zelo nos vinhedos. As uvas deste rótulo provêm quase que totalmente de Casablanca Valley, e 10% de Leyda, cujos terrenos estão situados nas regiões mais frias de todo o Chile, porém ideais para o cultivo de uvas, principalmente Pinot Noir.

Na bodega, ainda vale ressaltar a utilização de políticas ambientais nos vinhedos, que garantiram certificações e prêmios à vinícola.

Análise Técnica

O enólogo Adolfo Hurtado, gerente-geral da Cono Sur, iniciou a degustação do Cono Sur 20 Barrels Pinot Noir destacando a cor violácea concentrada do vinho. Essa concentração, por conta do estágio nos barris, será traduzida em sabor intenso e em taninos finos presentes no paladar.

Expectativa que se confirma com sua complexidade, ou seja, uma bebida com diversos aromas e sabores de frutas e de derivados do envelhecimento em barril de carvalho. Esse vinho estagiou mais de um ano em barricas novas de carvalho francês. Hurtado apontou principalmente a presença de cereja e framboesa como os toques no olfato mais marcantes, além do aroma de chocolate, por conta do envelhecimento na madeira.

No paladar, o enólogo confirmou a concentração do vinho em oferecer os vários sabores de frutas vermelhas, comuns em Pinot Noirs jovens, e de mineral, característica que pretende descrever a essência terrosa do vinho proveniente de uvas cultivadas em clima frio - que é o caso dessa Pinot Noir cultivada no Vale Casablanca e em Leyda.

Ainda apontou taninos finos para esse vinho, que não incomodam na boca, mas que pedem um acompanhamento, uma harmonização. A sugestão é para pratos de carnes vermelhas, aves ou queijos maduros. Hurtado recomenda uma guarda até cinco anos para o Cono Sur 20 Barrels Pinot Noir.

Nossa Análise

O Cono Sur 20 Barrels Pinot Noir 2006 é um vinho que logo de saída percebe-se um exemplar fino. Demonstra elegância.

Essa elegância é sinônimo de qualidade e de um vinho comedido, que não oferece uma tão perceptível explosão de frutas. Os aromas de frutas são apreciados e percebidos em conjunto com os aromas decorrentes do barril de carvalho francês.

Aliás, a presença da madeira é bem marcante ao se aproximar a taça do nariz. Um perfume bastante agradável.

Na boca, os taninos desse vinho amarram um pouco os lábios com a gengiva, uma sensação bem mais leve do que se fosse a provocada por uma mordida em um caju verde. Um tanino sutil, ainda em harmonia com os sabores frutados, que não compromete seu equilíbrio. Ou seja, que nenhum dos fatores, acidez, álcool e taninos, se sobressaia. No entanto, esse vinho deve ser harmonizado com algum prato que tenha carne vermelha, por exemplo.

Certamente, os cuidados no cultivo e seleção para a produção desse rótulo poderão ser apreciados durante a degustação desse exemplar da uva considerada a grande aposta da Bodega Cono Sur. A sugestão do produtor é para que o vinho nunca seja servido a uma temperatura superior a 18°C.

Harmonização

Carnes vermelhas, caças, aves e pato
Queijo maduro

Onde Encontrar

Wine Premium
(11) 4613-4613
www.winepremium.com.br

Copyright® 2020 MundoVinho®. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução
de qualquer texto sem prévia autorização por escrito de MundoVinho®.
Desenvolvimento MadeinWeb Internet Solutions