Vinho
Indicar para um amigo

Kaapzicht Pinotage 2003 (Kaapzicht Wine Estate)

País: África do Sul (Stellenbosch)
Safra: 2003
Tipo: Tinto (100% Pinotage)
Álcool: 14,08%
Temperatura de consumo: 18ºC
Preço: R$ 98,00

 
ApresentaçãoAnálise TécnicaNossa AnáliseHarmonizaçãoOnde encontrar
Apresentação

Kaapzicht Pinotage 2003 passou 18 meses afinando em barris de carvalho francês, sendo 30% deles novos. O estágio na madeira, neste caso, teve como principal objetivo o de reduzir o açúcar do vinho, a fim de produzir um exemplar seco de qualidade, pois a vinícola realiza colheita tardia das uvas Pinotage, que já saem do pé bastante doces.

Se o estágio na madeira fosse em barricas americanas, o resultado final certamente não seria um vinho seco, porque o carvalho dos Estados Unidos tenderia a potencializar o doce da uva, devido à influência de baunilha mais acentuada.

Essas informações foram reveladas pela própria Kaapzicht, que quis ressaltar logo no primeiro momento o cuidado e as técnicas utilizadas na elaboração do Pinotage 2003 em função da colheita tardia, durante a mini-feira/degustação Road Show África do Sul, promovida pela Expand, em São Paulo, na primeira quinzena de agosto de 2007.

Deste rótulo foram produzidas cerca de 18.000, quantidade considerada pequena, que traduz o rendimento da colheita de sete a oito toneladas por hectare da uva Pinotage, a cepa nacional da África do Sul, obtida após o cruzamento das francesas Pinot Noir e Cinsaut, em 1924, pelo professor Abraham Perold.

As videiras das quais provêm as uvas colhidas para esse Pinotage 2003 estão plantadas no distrito de Stellenbosch, na Península do Cabo, região principal de vitinicultura do País, onde sopra o vento de verão denominado Cape Doctor, que resfria os vinhedos durante a estação quente e longa e ajuda a prevenir doenças nas uvas.

Por conta da exposição ao calor das uvas e devido a colheita tardia, este exemplar atinge graduação alcoólica na casa dos 14%. Conforme recomendação da vinícola, deve ser degustado ainda jovem, sendo o período ideal em 2007, entre dois e quatro anos após o ano da safra.

Análise Técnica

Para a Análise Técnica deste Kaapzicht Pinotage 2003, a equipe MundoVinho entrevistou a sommelier da Expand, Juliana Pereira, que degustou o vinho durante a mini-feira/degustação Road Show África do Sul, organizado pela importadora em São Paulo, em agosto de 2007.

De acordo com Juliana, o Kaapzicht Pinotage 2003 é um vinho bem encorpado, concentrado, de cor vermelho rubi com leves reflexos alaranjados. Sua concentração, conforme apontou a sommelier, faz com que o vinho exale perfumes marcantes de frutas vermelhas maduras e também de especiarias, além de toques de tabaco e couro.

“É um vinho um tanto complexo, porém sua persistência é média”, revelou Juliana, constatando que os aromas do vinho não perduram por muito tempo no olfato do degustador.

Tal persistência média, segundo ela, voltou a ser observada no paladar. Ao mesmo tempo, o Pinotage 2003 provocou as mesmas sensações de frutas vermelhas maduras, e mais, taninos finos e pouco agressivos, e ótima acidez, “que induziu salivação na medida certa”, observou a especialista.

Para ela, e ainda por recomendação da Kaapzicht, este rótulo atingiu este ano de 2007 o auge para ser degustado, acompanhando pratos à base de carnes vermelhas em geral e servido na temperatura de 18ºC.

Nossa Análise

A recomendação da Kaapzicht para o Pinotage 2003 é consumo do vinho em até quatro anos após a safra. Portanto, o vinho atingiu seu auge em 2007. O consumidor, ao adquiri-lo, não deve perder tempo: é colocá-lo à mesa, harmonizando com pratos indianos que contenham especiarias, ou elaborados a partir de carnes vermelhas.

É exatamente quando o vinho melhor se mostrará fora da garrafa e dentro da taça, na temperatura de serviço de 18°C. Nesse sentido, a equipe MundoVinho colheu as impressões deste exemplar no esplendor do rótulo, durante a mini-feira/degustação Road Show África do Sul, organizada pela importadora Expand, em São Paulo, no mês de agosto de 2007.

Certamente por conta da chegada de sua melhor forma, o Kaapzicht Pinotage 2003 demonstrou pouquíssima adstringência, com tanino (substância que comprime o lábio e a gengiva) fino, ou seja, notado, mas que passa rapidamente e não incomoda, além de boa acidez (sensação de frescor que resulta em salivação).

Seus perfumes de frutas vermelhas maduras são facilmente percebidos, bem como um toque de baunilha devido ao estágio nas barricas. Tanto os aromas que se repetem em forma de sabor na boca são de persistência média, contudo, nada que comprometa sua complexidade (variedade de aromas e sabores).

Harmonização

Carnes em geral, principalmente de caça selvagem como javali
Pratos indianos com especiarias

Onde Encontrar

Expand
(11) 3847-4747 (São Paulo)
www.expand.com.br

Copyright® 2019 MundoVinho®. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução
de qualquer texto sem prévia autorização por escrito de MundoVinho®.
Desenvolvimento MadeinWeb Internet Solutions