Vinho
Indicar para um amigo

Steenberg Sémillon 2006 (Steenberg)

País: África do Sul (Constantia)
Safra: 2006
Tipo: Branco (100% Sémillon)
Álcool: 14,00%
Temperatura de consumo: 9°C a 14°C
Preço: R$ 89,00

 
ApresentaçãoAnálise TécnicaNossa AnáliseHarmonizaçãoOnde encontrar
Apresentação

A cepa Sémillon é uma variedade autóctone de Bordeaux, na França. Está, porém, muito bem adaptada à África do Sul, principalmente aos vinhedos da vinícola Steenberg, localizada na Zona de Constantia, na península do Cabo.

A vinícola é uma das mais antigas do país – data de 1682 –, situada bem no coração do Vale de Constantia, cercado por cadeia de montanhas da península do Cabo. Possui 70 hectares de plantações, sendo 60% de uvas que dão origem a vinhos brancos, incluindo a Sémillon, utilizada para este exemplar 2006. 

Na Zona de Constantia, os vinhedos em geral recebem a brisa refrescante da Baía Falsa, mas sofrem com a umidade do tempo nublado que favorece a botrítis, o fungo que adocica as uvas. Por isso, os viticultores adotam práticas rígidas para se evitar o problema, indesejado para a produção de vinhos brancos secos.

No caso deste Steenberg Sémillon, trata-se de um dos grandes ícones da vinícola, de baixa produção, algo como 26 hl/ha. No processo de vinificação, o mosto descansa por 24 horas logo após ser obtido por meio de prensagem leve.

Em seguida, o líquido é transferido aos tanques de inox para fermentação a frio por três dias, até que seja levado às barricas de carvalho francês para que a fermentação seja finalizada.

De acordo com a vinícola, o processo deste Sémillon inclui seis semanas de sur lie (sobre a borra) e, após dois ciclos de batonnage (para misturar o vinho com as borras), o vinho é retirado das barricas para que as características naturais da cepa sejam mantidas.

É indicado para ser servido em refeições de peixes e frutos do mar, sendo ele o vinho do prato principal.

Análise Técnica

Um branco complexo e de persistência média para longa. Estas foram as primeiras impressões da sommelière Juliana Pereira, da Expand, importadora exclusiva do Steenberg Sémillon no Brasil. Ela foi entrevistada pela equipe MundoVinho durante a mini-feira/degustação Road Show África do Sul, em agosto de 2007.

Para ela, tanto nos aromas quanto nos sabores, o Steenberg Sémillon demonstra toda a sua complexidade, exalando perfumes de abricot, de frutas frescas e cítricas, além de algo levemente defumado, em função do período de fermentação em madeira.

Sensações do aspecto olfativo que, segundo ela, se transformam em sabores – não muito longos – na análise gustativa desse vinho branco. “O vinho, na boca, ainda é cheio, rico e sedoso”, continuou Juliana, ainda sob a ótica gustativa do Steenberg Sémillon 2006.

Ela ainda identificou no vinho um sabor levemente adocicado fino, apesar da graduação alcoólica de 14%, proveniente do açúcar residual que, conforme explicou a sommelière, se equilibra com a pouca acidez deste branco sul-africano.

Talvez por isso, apontou Juliana, o álcool é quase que imperceptível ao nariz e à boca do degustador. Já no aspecto visual, ele se mostrou dourado claro com toques esverdeados.

A harmonização ideal gira em torno de pratos elaborados com peixes e frutos do mar, respeitando a temperatura de serviço entre 9ºC e 14ºC.

Nossa Análise

Este Sémillon da Steenberg é um branco delicioso que pode, tranqüilamente, ser o vinho do prato principal à base de peixes e frutos do mar de um almoço em família no fim de semana.

O motivo, simplesmente porque se tratar de um vinho encorpado (que provoca sensação tátil na boca), de baixa produção e com alto teor de extrato, que pede um acompanhamento ao ser degustado.

Ele possui duas características pouco peculiares para um branco. Pouca acidez (sensação agradável de frescor) e teor alcoólico alto de 14%, quando na maioria dos brancos essa porcentagem gira em torno de 12%.

Entretanto, a baixa acidez e o alto teor alcoólico fazem um belo par e ainda uma gostosa combinação na boca com o sabor levemente adocicado apresentado por esse Sémillon. Portanto, trata-se de um vinho balanceado ou equilibrado (que apresenta harmonia entre a acidez, a doçura e o álcool).

Ainda no aspecto gustativo, este sul-africano provoca a sensação de untado, algo amanteigado, característica descrita por especialistas por aveludada ou por textura de veludo, facilmente perceptível logo depois de engolido.

As frutas frescas, como damasco não maduro, um toque cítrico e mineral e uma leve nota defumada no final garantem complexidade (diversos aromas e sabores) a este Sémillon da Steenberg, que ainda possui persistência de média para longa no nariz e na boca.

Harmonização

Peixes e frutos do mar

Onde Encontrar

Expand
(11) 3847-4747
www.expand.com.br

Copyright® 2017 MundoVinho®. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução
de qualquer texto sem prévia autorização por escrito de MundoVinho®.
Desenvolvimento MadeinWeb Internet Solutions