Vinho
Indicar para um amigo

Três Lunas Toro Crianza 2003 (Bodegas Gil Luna)

País: Espanha (Castilla y Leon – Toro)
Safra: 2003
Tipo: Tinto (95% Tinta de Toro e 5% Garnacha)
Álcool: 13,50%
Temperatura de consumo: 16°C a 18°C
Preço: R$ 59,80

 
ApresentaçãoAnálise TécnicaNossa AnáliseHarmonizaçãoOnde encontrar
Apresentação

A Denominação de Origem (DO) de Toro é uma das cinco de Castilla y Leon e foi estabelecida oficialmente em 1987, no noroeste da Espanha. Nos vinhedos, a grande sensação e referência da qualidade dos vinhos ricos, cheios, potentes e maduros produzidos ali são as uvas autóctones Tinta de Toro, a Tempranillo local, presente em 95% do corte deste vinho Três Lunas, elaborado pela Bodega Gil Luna.

A cepa é cultivada na grande maioria dos 10 hectares de vinhedos próprios da bodega, na região conhecida como Pago de Santa Olalla, onde plantas mais jovens já completaram 20 anos de idade e as mais velhas superaram as quatro décadas de vida.

São uvas plantadas a 700 metros acima do nível do mar que se submetem a dias muito luminosos, noites frias e baixo nível de chuva, condições essas que favorecem o amadurecimento e a concentração dos componentes de sabor nas frutas.

Tanto os vinhedos como a bodega são dirigidos por Vences Gil, experiente produtor, presente em São Paulo no segundo semestre de 2007, quando apresentou suas criações em degustação organizada pela importadora Decanter.

Gil adota os métodos tradicionais de vinificação, mesmo com um toque de modernidade presente na bodega. Ao lado de sua filha Patrícia Gil, busca a elaboração de grandes vinhos, mantendo respeito ao meio ambiente e a expressão autêntica de um pago (ou vinha).

Deste Três Lunas, o exemplar de entrada da bodega, são feitas apenas 30 mil garrafas por safra, produção baixíssima de um vinho fermentado em tanque de inox, que amadurece por oito meses em barricas de carvalho, sendo 70% francês e 30% americano. Segundo Gil, os 5% de Garnacha no corte deste exemplar transfere ao vinho acidez, frescor.

Ele recomenda o Três Lunas Crianza para acompanhar um bate-papo no final da tarde ou ainda como escolta de um prato de carne ou com queijos fortes.

Sua paixão é tanta por seus vinhos que Vences Gil batizou sua criação homenageando a própria família. Luna é o sobrenome da esposa Maria Rosa, que juntamente com Patrícia e Beatriz, as filhas, são as três luas mais importantes da vida dele.

Análise Técnica

Um vinho concentrado, potente e com aromas maduros oriundos da cepa Tinta de Toro (a Tempranillo local da DO Toro), ao mesmo tempo em que apresenta certa acidez proveniente dos 5% de uva Garnacha do corte.

Essa foi a descrição geral de Vences Gil sobre seu Três Lunas Toro Crianza 2003, quando esteve em São Paulo, durante degustação ocorrida no segundo semestre de 2007, organizada pela importadora Decanter.

Vences dirige a Bodega Gil Luna, ao lado da filha Patrícia, de onde nascem vinhos de baixíssima produção.

Segundo ele, esse Três Lunas possui uma coloração cereja intensa que impede a passagem da luz pela taça, ou seja, “muita cor”, afirmou o especialista.

Somado a cor, Gil destacou a complexidade olfativa do vinho, com aromas de frutas vermelhas de bosque, frutas maduras, tabaco, marmelada, especiarias e toques de ervas aromáticas.

Na boca, a etapa seguinte da análise do vinho feita por Vences Gil a pedido de MundoVinho, o especialista espanhol descreveu os sabores persistentes de frutas proporcionados pelo Três Lunas Crianza 2003, combinados com os taninos comportados do exemplar.

Gil ainda enfatizou o frescor desse vinho, provocador de salivação nas duas laterais da língua do degustador. “Trata-se, portanto, de um vinho redondo, equilibrado”, afirmou o diretor da bodega.

Para Gil, o Três Lunas Toro Crianza pode ser um excelente acompanhamento para um bate-papo depois do expediente, bem como uma parceria de sucesso ao lado de pratos que contenham carnes vermelhas ou queijos fortes. O consumo deve ocorrer entre 16°C e 18°C.

Nossa Análise

O grande diferencial deste Três Lunas Toro Crianza 2003, que deve ser considerado na eventual decisão de compra do exemplar espanhol, é sua capacidade de ser a bebida de um bate-papo entre amigos ou a dois, depois do expediente. Um vinho que cai bem naquela situação em que se dispensa o pedido de uma comida, embora seu potencial possibilite também fazer bonito como o acompanhamento de uma refeição, cujos pratos sejam à base de carnes vermelhas ou queijos fortes.

Esse trunfo é possível porque estamos tratando de um vinho potente, com concentração, que passou por madeira, porém que desfruta de taninos (substância adstringente que incha gengiva, bochechas e lábios) um tanto moderados e de notada acidez (sensação agradável de frescor que provoca salivação).

Características deste Três Lunas percebidas principalmente na boca, já que o vinho se apresenta de forma encorpada. Inicialmente, proporciona os sabores de frutas maduras e logo depois provoca salivação dos dois lados da língua, combinada com um tanino leve.

Além dessas especificidades, o vinho de baixíssima produção e oriundo da região de Toro, em Castilla, possui complexidade (aromas múltiplos) ao exalar perfumes de frutas vermelhas maduras, algo de compota e um toque que lembra ervas.

Sua cor é outro espetáculo, um cereja muito intenso, que deve ser apreciado antes do primeiro gole. De acordo com o produtor, a degustação do Três Lunas Toro Crianza deve ocorrer entre 16°C e 18°C.

Harmonização

Carnes vermelhas
Queijos
Assados

Onde Encontrar

Decanter
(11) 3074-5454 (São Paulo) e (47) 3326-0111 (Blumenau)
www.decanter.com.br

Copyright® 2017 MundoVinho®. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução
de qualquer texto sem prévia autorização por escrito de MundoVinho®.
Desenvolvimento MadeinWeb Internet Solutions