Vinho
Indicar para um amigo

Taylor’s Tawny 20 Years Old (Taylor’s)

País: Portugal (Douro – Vila Nova de Gaia)
Safra: -
Tipo: Porto (Touriga Nacional, Touriga Francesa, Tinta Roriz, Tinto Cão, entre outras)
Álcool: 20,00%
Temperatura de consumo: 12°C a 16°C
Preço: R$ 240,00

 
ApresentaçãoAnálise TécnicaNossa AnáliseHarmonizaçãoOnde encontrar
Apresentação

A Taylor’s é uma das mais tradicionais casas fabricantes de vinhos do porto do Douro e talvez a vinícola familiar mais antiga do mundo em atividade, mantida desde sempre por descendentes dos sócios que a fundaram em 1692.

A casa está situada na costa oeste do oceano Atlântico, em Vila Nova de Gaia, onde estão as antigas caves da vinícola nas quais repousam e envelhecem lentamente até alcançarem a maturidade seus famosos vinhos do porto.

Nos mais de 300 anos de história, a Taylor’s conquistou respeito e admiração no mercado especialmente por causa de seus portos Vintage de grande longevidade, leiloados por altos valores pelo mundo, e também por seus Tawnies de idade, como este Taylor’s Tawny 20 Years Old.

Elaborado a partir de safras distintas das principais cepas do Douro, como a Touriga Nacional, Touriga Francesa, Tinta Roriz, Tinto Cão, entre outras, este porto faz parte de lotes oriundos de pipas de 550 litros que, em média, resultam em 20 anos de envelhecimento.

As uvas nascem em videiras muito antigas, cujas raízes chegam a alcançar mais de 15 metros de profundidade em busca de água no terreno calcário do Douro, formado por muitas pedras.

Segundo o diretor comercial da importadora Portus Cale, Alessandro Petto, este Taylor’s Tawny 20 Years Old  está pronto para ser consumido entre 12ºC e 16ºC, como vinho que acompanha sobremesas como mousse de chocolate, morangos frescos, amêndoas e com queijo da Serra da Estrela, em Portugal.

Outra boa pedida para este porto, conforme recomendou o executivo, é fazer do Tawny 20 anos o companheiro ideal de um charuto habano, alternando goles e baforadas.

Petto apresentou o Taylor’s Tawny 20 Years Old na mega-degustação organizada pelo Instituto do Vinho do Porto e do Douro, em abril de 2008, em São Paulo.

Análise Técnica

Para o diretor comercial da importadora Portus Cale, Alessandro Petto, servir o Taylor’s Tawny 20 Years Old para uma visita significa o grande apreço do anfitrião para com seu convidado. “Essa é uma máxima ainda muito praticada na Europa”, afirmou.

Isso porque, na opinião do especialista, trata-se de um esplêndido e bem equilibrado vinho, com alguma raridade e excelentes sabores e aromas.

Segundo Petto, este porto exala muitos perfumes de frutas secas e um toque floral de violetas, muito equilibrado, sem que o álcool se sobressaia em relação aos demais aspectos.

Na boca, o diretor da importadora destacou o sabor de caramelo torrado ou açúcar queimado deixado por esse Taylor’s Tawny 20 Years Old, bem como notas de torrefação de castanha. Ele ainda mencionou o caráter longo do vinho, a grande persistência e a refrescância sem ser em nenhum momento agressivo.

Petto ainda mencionou a bela e correta cor âmbar aloirada deste fortificado na análise visual e recomendou o consumo imediato deste Taylor, até um mês após a garrafa ter sido aberta.

Conforme sua recomendação, este vinho tem de ser degustado entre 12ºC e 16ºC de temperatura, após uma bela refeição, escoltando sobremesas como mousse de chocolate ou até o queijo português da Serra da Estrela.

“Para quem aprecia charutos, este Taylor’s Tawny 20 Years Old é uma ótima pedida”, afirmou, que concedeu entrevista à equipe MundoVinho na mega-degustação organizada pelo Instituto do Vinho do Porto e do Douro, em abril de 2008, em São Paulo.

Nossa Análise

MundoVinho experimentou o Taylor’s Tawny 20 Years Old na mega-degustação organizada pelo Instituto do Vinho do Porto e do Douro, ocorrida em abril de 2008, em São Paulo.

Este Taylor’s é um porto de certa raridade pelo tempo de envelhecimento em pipas de madeira com 550 litros e, por isso, deve ser lentamente apreciado em momentos especiais, nos quais o degustador consiga prestar atenção no que está bebendo.

Já merece destaque a bela cor âmbar deste porto, sua transparência que denota o grau de envelhecimento do vinho do porto, quanto mais tempo oxidado pelo contato com o ar e a madeira, mais claro ele fica.

Já nos aromas, as notas de frutas como castanhas, amêndoas e nozes são muito perceptíveis, bem como um perfume adocicado na medida certa e algo de passas. Poucos são os aromas de frutas frescas vermelhas.

Na boca é onde este porto mais agradou, confirmando os aromas no paladar, sendo muito persistente e deixando um final delicioso de amêndoas e castanhas. O Taylor’s Tawny 20 Years Old ainda se mostrou refrescante ao provocar salivação nos cantos da língua e provocou uma sensação aveludada na boca.

Ele está pronto para ser consumido, conforme a importadora, em até um mês depois da garrafa aberta, entre 12ºC e 16°C de temperatura. A dica é para que escolte sobremesas como mousse de chocolate após uma grande refeição, ou ainda como acompanhamento de um charuto habano.

Harmonização

Sobremesas que contenham castanhas, nozes e amêndoas
Mousse de Chocolate
Queijo da Serra da Estrela
Charutos

Onde Encontrar

Portus Cale Exportadora e Importadora
(11) 3259-7562
www.portuscale.com.br

Copyright® 2020 MundoVinho®. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução
de qualquer texto sem prévia autorização por escrito de MundoVinho®.
Desenvolvimento MadeinWeb Internet Solutions